terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Série Amor aos animais - Torneio de sangue: o horror das lutas de cavalos nas Filipinas



Torneio de sangue: o horror das lutas de cavalos nas Filipinas 2008-02-25 Fonte: Daily Mail Será possível que neste século as lutas de cavalos ocorram ainda em Mindanao, no sul da Filipinas, e em certos locais da China? O torneio horroroso captado em fotos, aconteceu na cidade de Don Carlos e envolveu 54 cavalos, muitos dos quais tinham ferimentos horríveis. Milhares de pessoas apareceram para verem o banho de sangue, incluindo centenas de crianças. Muitos dos adultos encontravam-se bêbados e passaram o tempo a jogar e a aplaudir os animais em luta. Apesar de normalmente os cavalos não lutarem entre si, estes garanhões tinham sido chicoteados até entrarem num frenesim de luta, com a presença de uma égua que estava no cio e que tinha sido presa a uma estaca enterrada no meio da arena lamacenta. Consumidos pelo desejo, os garanhões atacavam-se uns aos outros numa tentativa de derrotarem os seus rivais. Muitos estavam cobertos de mordeduras e cortes. Outros coxeavam pela arena com um olhar vidrado, tentando pateticamente escapar. Os cuidados veterinários são demasiados caros para a maioria dos donos se importarem, por isso os cavalos feridos são muitas vezes abatidos pela sua carne e as suas melhores partes são grelhadas e vendidas ao público. Um destino semelhante aguarda aqueles cavalos que são demasiado fracos ou velhos para lutarem. São “sacrificados” pondo-os a lutar contra garanhões muito mais fortes. Alguns partem as pernas ao tentarem desesperadamente fugir. Mas quanto mais sangrentas forem as feridas, mais a multidão aplaude. Apesar das lutas de cavalos serem ilegais nas Filipinas, a corrupção e a falta de fiscalização garantem que os torneios continuem – e com aparente sanção oficial. Os combates são passados na televisão, e o comércio local patrocina cavalos e torneios. As autoridades locais oferecem prémios monetários. Os torneios são promovidos como “tradição cultural”, mas são de facto organizados e controlados por sindicatos criminosos, que têm grandes ganhos nas apostas. Apostam-se milhares de libras em cada combate – uma pequena fortuna num país desesperadamente pobre como as Filipinas. A Network for Animals quer construir clínicas para tratar os cavalos feridos e educar os populares locais sobre os cuidados de um animal. Também está a encorajar turistas a não visitarem as Filipinas. Esperamos que a ameaça da perda do dinheiro do turismo, irá ajudar a trazer um término a este desporto horrendo. Link Relacionado: Colabore com a Network for Animals

0 comentários: